Handsurfing

No mundo, o nosso jacaré se chama bodysurf/bodysurfing, ou seja, a arte de pegar onda com o próprio corpo. Alguns bodysurfers mais experientes conseguem pegar boas ondas nas regiões em que os surfistas ficam, porém, a grande maioria deles utiliza nadadeiras para conseguir maior impulsão na hora de entrar na onda.

De qualquer forma, o handsurf que, na verdade, é a mesma coisa que handplane e handboard, segue a mesma lógica do bodysurf, com a diferença do praticante utilizar uma prancha de mão para auxiliá-lo nas manobras. Os mais experientes utilizam também nadadeiras para pegar ondas no fundo, mas o esporte é muito democrático, uma vez que você também pode brincar com ele na região do bom e velho jacaré.

É possível encontrar modelos distintos de handsurf no mercado, sendo alguns de madeira e outros de fibra, como os desenvolvidos pela SandBreak. Pois, além de ser mais leve, sua estrutura permite mais dinamismo, maior flutuabilidade e, consequentemente, maior velocidade nos seus movimentos.

Quatro motivos para praticar o handsurf

1) Você só precisa da sua pranchinha de mão, afinal, seu corpo será a prancha. É claro que se você usar nadadeiras será bem mais fácil, pois poderá aproveitar melhor as ondas, mas se tanta gente consegue pegar jacaré (bodysurf) sem nenhum recurso, com a pranchinha não é diferente, só mais divertido.

2) É mais fácil de aprender do que o surf tradicional, pois você não precisa aprender a se equilibrar em cima da prancha. Além disso, o handsurf pode ser uma brincadeira muito legal até para os sufistas, naqueles dias fracos de onda.

3) Assim como qualquer prática esportiva no mar, o handsurf pode ajudar na sua saúde física e mental, afinal, quem não recarrega as baterias após um banho de mar?

4) Você pode ter a incrível experiência de estar dentro de um tubo e ainda com o seu corpo totalmente dentro da água. Para muitos praticantes mais experientes de handsurf, a sensação de estar dentro de um tubo com o seu corpo totalmente em contato na água não tem preço.