Skimboard

Já imaginou misturar surf e skate na mesma modalidade esportiva? Isso é possível no Skimboard, que mistura as manobras que os skatistas fazem sobre rodas com o esporte das águas. A diferença é que, no surf tradicional, o praticante parte da onda para a praia; já os skimboarders, como são chamados, correm da praia para o mar.

Origem

A modalidade surgiu pouco antes dos anos 1930 nas praias de Laguna Beach, na Califórnia, quando salva-vidas procuravam uma forma de surfar na arrebentação das ondas, que eram agitadas para as pranchas comuns. Então, um deles usou sua boia para chegar mais rápido ao ponto de salvamento, dando início ao skimboard.

No começo, as pranchas eram feitas de madeira, evoluíram para o foam (espuma), tiveram formatos e tamanhos diferentes, até chegar no que são hoje.

No Brasil

O esporte foi trazido para o Brasil nos anos 1950 por filhos de militares que moraram nos Estados Unidos e logo conquistou muitos adeptos. Principalmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Pernambuco.

Para ganharem agilidade, as pranchas de skimboard são diferentes. São menores, mais finas, leves e não possuem quilhas, como as tradicionais. Além disso, o esporte também pode ser praticado usando roundboards, que são pranchas redondas. São conhecidas no Brasil como “Sonrisal”, por conta do formato e do som que fazem ao deslizar pela praia.

As manobras

Existem tipos diferentes de manobras que podem ser feitas no skimboard, alguns semelhantes ao do skate. Conheça algumas abaixo:

  • Spin: feita, normalmente, por quem está começando. Na água, o atleta precisa se abaixar na prancha e usar uma mão para tocar a água, enquanto a outra é usada como remo para realizar um giro;
  • Ollie: um dos truques mais difíceis, mas leva a um grande leque de possibilidades quando aprendido. O skimboarder deve correr e pular na prancha; em seguida, ele se abaixa, aliviando o peso do pé da frente e empurrando o de trás. Quase ao mesmo tempo, o atleta tem que saltar;
  • 180 flat frontside e backside: o atleta gira a prancha em 180 graus e pode fazer a manobra em direção ao pé da frente (frontside) ou ao de trás (outside). Considerada a manobra ideal para iniciantes.
A SandBreak possui diversas linhas de pranchas para skimboard, feitas de fibra de vidro ou carbono, resina epóxi ou poliéster, e bloco em PVC de alta densidade.