SE LIGA SÓ

 

Skimboard

A forma mais radical de curtir a beira da praia

Você gosta ou tem vontade de praticar skate? E Surfe? E Snowboard? E tudo isso JUNTO???

Sim, a receita da radicalidade é você jogar esses três esportes em um liquidificador, adicionar umas pitadas de areia de praia, 1 litro de água do mar, três doses de adrenalina e bater tudo. Depois de alguns tombos (sim, aqui literalmente para aprender, você terá que cair!) você estará pronto para praticar uma das atividades mais iradas criadas pelo ser humano.

No Skimboard, o praticante sai da areia da praia, pula correndo na prancha (drop), desliza sobre ela e pega as ondas que se formam perto da borda (wrap), unificando as manobras radicais do surfe, snowboard e skate em um único momento. Pelo fato de ser praticado na beira da praia, geralmente são procuradas praias de tombo, porém, os Skimmers (praticantes de Skimboard) já encontraram diversas e divertidas maneiras para usufruir de suas pranchinhas, como simplesmente deslizar em cima da prancha em praias planas, assim como sempre foi feito com as pranchas redondas apelidades de “sonrisal”, ou até adicionar rampas no caminho para poder deixar a brincadeira ainda mais parecida com o skate. Por esse motivo, pessoas praticam o Skimboard até na cidade, afinal, basta você ter um corredor com uma lona esticada e água para poder fazer o deslizamento.

Esse esporte teve início por volta de 1930 na Califórnia, porém, atualmente ele já é praticado em todos os continentes, principalmente em países em que há uma maior tradição em esportes praianos. No Brasil, a modalidade é praticada também em diversos estados. Uma curiosidade foi em relação à Pernambuco, na qual muitas pessoas aderiram ao esporte por causa da proibição da prática do surfe em diversas praias por causa de ataques de tubarão.

Agora chega de papo e é hora de você também entrar nessa onda, afinal, o Brasil é praticamente verão todo ano e temos praias maravilhosas para curtirmos o Skimboard.

Aloha!